Tudo sobre impermeabilização de pilotis

Os problemas com infiltrações podem ocorrer em qualquer parte da edificação com contato de água e não tenha sido preparada com algum tipo de sistema de impermeabilização. Alguns pontos são mais críticos que outros, como por exemplo as lajes de cobertura, regiões de piscinas e reservatórios.

 

Em algumas edificações pode ocorrer problemas de umidade excessiva em áreas de pilotis. Nesse post vamos tirar todas as dúvidas a respeito do que é uma área sob pilotis, as causas mais comuns de infiltração e as melhores práticas para resolver os problemas.

 

O que é um piloti?

Dentro do contexto da engenharia de estruturas, existem basicamente três elementos principais: lajes, vigas e pilares. Isso mesmo, pilares. Termos como “coluna” e a tão famosa “pilastra” são termos utilizados popularmente, contudo são incorretos no palavreado técnico. O termo piloti é uma palavra de origem francesa que se refere justamente aos pilares.

 

Contudo, a palavra piloti é largamente utilizada para denominar uma área térrea suspensa por pilares, deixando livre o seu vão. Dessa forma, um exemplo de área sob pilotis são garagens de apartamentos no andar térreo. Portanto o termo se refere, basicamente, à um conceito arquitetônico.

impermeabilização de pilotis

 

Na prática, além das garagens, a escolha dos pilotis também é bastante utilizada para playgrounds, áreas de convivência e circulação, halls, e áreas térreas abertas em geral. Também é uma solução para reservatórios de água, de forma a liberar espaços para circulação. Nesse caso ele é chamado de reservatório elevado sob pilotis.

 

Como identificar infiltração em áreas sob pilotis

A prática de se executar sistemas de impermeabilização nas edificações ainda sofre com certas negligências no país. As causas mais comuns são o desconhecimento das técnicas, empresas e mão-de-obra desqualificadas, falhas de execução, escolha de produtos de qualidade inferior, falta de manutenção preventiva. O resultado, é visível: o índice alto de edificações que sofrem com problemas de infiltração.

 

Em algumas áreas é mais fácil identificar a origem da infiltração, e se preparar melhor para proteger a estrutura, como é o caso da laje de cobertura que sofre o ataque da águas da chuvas. Já em outras áreas como paredes e muros, há mais variáveis a serem consideradas.

 

No caso da área sob pilotis, o grande problema é a infiltração na laje, e consequentemente os resultados nocivos no pavimento inferior. A área sob pilotis, apesar de não receber a chuva diretamente, pode acumular água e por essa razão deve ser protegido.

 

O que acontece, na prática, especialmente em edificações mais antigas é: as lajes que estão expostas à ação direta das chuvas estão protegidas, contudo a área sob pilotis não está.

Dessa forma, a água percola e fica empoçada na área aberta, e se não houve algum tipo de drenagem (ralos), essa água permanece sobre a laje causando ainda mais problemas.

 

A água que se infiltra em uma laje apresenta alguns sinais clássicos na parte inferior, como descascamento de pintura, goteiras, manchas de bolor, mofo, e matéria orgânica em geral, e nos casos mais sérios exposição de armadura, lixiviação, carbonatação e eflorescências no concreto.

Leia também:

 

Alguns sinais da infiltração também podem ser vistos nas paredes próximas, por onde a água pode percolar verticalmente por capilaridade.

 

Impermeabilização de áreas sob pilotis

 

Cuidados iniciais

Sistemas de impermeabilização de estruturas são serviços essenciais para garantir a segurança estrutural de toda a edificação, e por essa razão, devem ser tratados com muita seriedade. Solução caseiras, “faça-você-mesmo”, e ainda soluções erradas como colocar piso cerâmico na área pensando que o problema da infiltração será resolvido é muito perigoso.

 

Neste momento, é essencial que a primeira coisa a ser feita é procurar empresas e profissionais especializados e experientes no assunto, caso contrário não há garantia de serviço de excelência e os prejuízos podem ser ainda maiores no futuro.

 

O primeiro passo que o profissional será encarregado de fazer é:

 

– Identificar a origem da infiltração

impermeabilização de pilotis infiltração

 

De nada adianta executar um sistema de impermeabilização se a origem do problema não for encontrada primeiro. É preciso saber exatamente o que tem causado as infiltrações para a partir daí encontrar a melhor solução.

 

No caso das áreas sob pilotis o grande vilão é a água das chuvas, contudo é uma boa prática checar se também não há vazamentos nos encanamentos. Como são áreas abertas, talvez seja preciso planejar algum de tipo de drenagem (ralos) para evitar que a água que escorreu fique empoçada. Se já houver ralos no local, checar também se os caimentos estão corretos.

 

É importante lembrar que alguns sistemas de impermeabilização, como solução acrílica por exemplo, não suportam água empoçada, podendo retornar ao estado de emulsão. Outros tipos de sistemas não tem resistência mecânica para suportar tráfego de pedestres, e por isso requerem algum tipo de revestimento.

 

– Escolher o sistema de impermeabilização mais adequado

sistema fibersals impermeabilização de pilotis
Sistema Fibersals de impermeabilização

 

A escolha do tipo de impermeabilização a ser instalado depende de algumas variáveis, como por exemplo os custos, o tempo para execução, a extensão da reforma, o grau de circulação e pisoteamento da área, a garantia, o sobrepeso que ele pode adicionar à laje. Muito cuidado nesta etapa para não ser vítima do “barato que sai caro”.

 

Como se trata de uma área sujeita a movimentações, é preciso escolher algum tipo de sistema flexível. Saiba tudo sobre impermeabilização flexível.

Nos casos de área sob pilotis, um tipo muito utilizado é a manta asfáltica, que deve ser executada seguindo as recomendações normativas para garantia de um serviço de qualidade. Entenda por que isso é importante:

 

Para áreas de alto grau de pisoteamento, existe o poliéster flexível, da Fibersals, que pode ser executado diretamente sob o piso preexistente, de maneira simples e rápida, e sem necessidade de um novo piso, sendo ele próprio o acabamento final. Este sistema não adiciona sobrepeso na laje e é uma solução definitiva para os problemas de infiltração em áreas sob pilotis, com 15 anos de garantia.

 

Faça um orçamento gratuito de impermeabilização de área sob pilotis








 

Saiba mais sobre o Sistema Fibersals de impermeabilização.

Comentários

Comments are closed.