Impermeabilização de calhas industriais

A impermeabilização de estruturas e demais elementos em áreas industriais e fábricas é um tema de extrema relevância e importância, especialmente nas fábricas que lidam com agentes químicos e resíduos contaminantes, onde há risco para o meio ambiente.

 

As indústrias são, de modo geral, projetadas seguindo não somente os parâmetros das normas técnicas obrigatórias em vigência, mas também é comum que haja uma regulamentação própria interna que direciona os projetistas e estabelece os requisitos e o escopo da obra.

 

Em relação à impermeabilização em situações industriais, ela tem a importância fundamental de proteger os elementos de concreto, como por exemplo calhas, tanques de contenção e sarjetas, e evitando, assim, a contaminação indevida de agentes químicos.

 

A impermeabilização de calhas e canaletas industriais 

impermeabilização de calhas industriais

 

Em geral, nas obras residenciais, canaletas e sarjetas são tratadas de maneira diferente do que nas indústrias.

As canaletas e áreas de escoamento pluvial por exemplo, não são impermeabilizadas em obras residenciais, basicamente porque é um procedimento que não se justifica economicamente, e no caso de infiltração, não se trata de um elemento estrutural.

 

Quando se trata de uma indústria, em especial aquelas que lidam diariamente com agentes contaminantes, a infiltração das calhas e canaletas é um fenômeno que pode trazer riscos.

As fábricas possuem áreas de contenção para casos de vazamento, precisam estar impermeabilizadas corretamente.

 

impermeabilização de calhas industriais

 

É preciso frisar, contudo, que é preciso haver pesquisa e estudo de compatibilidade para verificar se o sistema de impermeabilização escolhido atende os requisitos de segurança durante a fase de utilização.

Dependendo da agressividade do agente químico, a impermeabilização pode ficar comprometida e se tornar ineficaz.

Veja também:

 

Impermeabilização geral de áreas industriais 

impermeabilização de calhas industriais

 

Além das áreas de contato direto com agentes, reservatórios, tanques, bacias de contenção, poços e etc., não se pode negligenciar as demais áreas da estrutura da fábrica, como as lajes, paredes, fundação, cobertura e demais áreas expostas que estão sujeita a presença de água.

 

Quando as falhas de impermeabilização começam a aparecer nas fábricas, e há evidências das patologias comumente associadas como presença de fungos, mofo, desprendimento de pintura, manchas, isso pode se tornar um problema mais sério do que apenas o desconforto visual e estético que ocorre com frequência nas obras residenciais e comerciais.

 

Há indústrias, como as de medicamentos e alimentos, em que esse tipo de problema é completamente inaceitável, sob o risco de contaminação da produção.

E, diferentemente de uma residência, se a edificação ficar inutilizável, o prejuízo é diário.

 

Parada fabril para manutenção da impermeabilização

impermeabilização de calhas industriais

 

Este é o maior desafio quando o assunto é impermeabilização em indústrias.

Aos primeiros sinais de presença de umidade e infiltração, pode haver a necessidade de parada parcial ou até mesmo total da produção fabril para que sejam realizadas as obras de reparação.

 

Contudo, é preciso fazer uma análise cautelosa de como essa parada fabril vai afetar a saúde financeira da indústria.

Portanto, os custos envolvidos não são somente da execução da obra de impermeabilização, mas também os dias parados que afetam a produção.

Além disso, uma obra extensa pode requerer esforços extras para mover maquinário, mobiliário, além de gerar sujeira, entulho.

 

Por esse motivo, as indústrias sempre buscam por alternativas aos sistemas mais tradicionais de impermeabilização, como a manta asfáltica, que tem uma execução demorada.

Veja ainda:

 

Impermeabilização industrial com o Sistema Fibersals

impermeabilização de calhas industriais

 

A Fibersals apresenta o poliéster flexível como solução para impermeabilização de calhas, canaletas e demais elementos das áreas de indústrias.

Este sistema é aplicado diretamente sobre a área a ser impermeabilizada sem a necessidade de retirar a estrutura preexistente, formando uma camada protetora extremamente resistente, inclusive a tráfego de veículos.

 

Essa possibilidade de aplicação direta é uma das maiores vantagens do Sistema Fibersals, justamente porque não há necessidade de uma parada fabril extensa e demorada, reduzindo significativamente o prejuízo com uma paralisação desnecessária.

 

Outra característica importante do poliéster flexível é a sua resistência mecânica e química, tendo a capacidade de suportar a presença de agentes químicos agressivos inclusive em contato direto e pressão positiva, como no caso da impermeabilização de tanques.

O 100% poliéster protege a estrutura, e não sofre reações com os agentes que poderiam desestabilizar a impermeabilização.

 

No caso de calhas e canaletas, assim tanques de contenção, a impermeabilização feita com o Sistema Fibersals permite que a superfície final seja adaptada para contato de acordo com cada composição química presente na indústria.

 

Nos casos em que é necessário, é possível fazer uma aplicação escalonada, por etapas, uma vez que o sistema de impermeabilização permite essa possibilidade, se fundindo quimicamente, e formando uma camada final monolítica, mesmo quando aplicado em fases.

 

Um dos objetivos principais de uma intervenção para reparar os danos de infiltração e refazer um sistema de impermeabilização em uma indústria é que seja, na medida do possível, uma solução definitiva, e que não seja necessário uma nova parada em um futuro próximo.

Neste sentido, contar como a garantia de uma empresa especializada faz toda a diferença.

 

Faça um orçamento de impermeabilização com o Sistema Fibersals 100% Poliéster Flexível


 

Leia também: Como fazer manutenção em piso industrial?

Comentários

Comments are closed.