Impermeabilização de laje com piso é possível? Como fazer?

A infiltração de água é um dos maiores perigos das edificações, sendo responsável por diversos tipos diferentes de patologias e problemas, que geram desconforto, dor de cabeça e até mesmo riscos para solidez e integridade estrutural.

 

Mesmo executando-se de maneira correta um sistema de impermeabilização, há grandes chances das falhas começarem a surgir no decorrer do tempo, quando a vida útil desta proteção chega ao fim.

Este problema é especialmente comum em lajes de piso expostas às intempéries.

E o que fazer para impermeabilizar uma laje com piso?

 

Entendendo melhor: impermeabilização de lajes

 

impermeabilização de laje com piso

 

As lajes são os elementos estruturais de concreto armado do tipo placa, responsáveis por suportar diretamente as cargas permanentes e acidentais, transferindo os esforços para as vigas (elementos horizontais) e pilares até a fundação.

Existem lajes que não estão expostas diretamente à umidade (como as lajes tipo pavimentos).

No entanto, lajes de cobertura, terraços, varandas, estacionamentos, playgrounds recebem diretamente a água das chuvas e é imperativo que sejam devidamente impermeabilizadas.

 

Além de estarem sujeitas à presença da umidade, as lajes expostas também passam pelo processo de movimentação térmica, que é conhecido como “trabalhar”.

Quando se diz que a laje trabalha, é uma referência às variações volumétricas de expansão e contração devido à variação térmica.

 

Por essa razão são dimensionadas juntas de dilatação, e o sistema de impermeabilização da laje deve ser suficientemente resistente e flexível para acompanhar as movimentações sem que ocorram falhas e aberturas, que seriam pontos de entrada de umidade.

 

Por que é necessário revestir com piso a impermeabilização?

impermeabilização de laje com piso

 

O sistema de impermeabilização mais utilizado em todo país é a manta asfáltica.

Ela é composta de material asfáltico, reforçada com filmes de poliéster, fibra de vidro ou similares.

Quando aquecido, o asfalto se liga à estrutura, fazendo assim a impermeabilização.

 

A manta tem como principais vantagens a disponibilidade e facilidade de ser encontrada no mercado e alta flexibilidade.

 

Contudo, a manta asfáltica, no geral, não possui resistência mecânica.

Isso significa que se deixada exposta, ela não suporta abrasão, e por esse motivo deve ser revestida com contrapiso e piso.

 

Quando executada de maneira correta, seguindo os procedimentos normativos, as mantas têm um período de vida útil de, em média, 5 a 10 anos.

Quando este período chega ao fim, normalmente é possível começar a identificar alguns sinais de falhas.

Eles se manifestam como goteiras, descascamento de pintura, presença de matéria orgânica como musgo, fungos, mofo, e em casos mais extremos até mesmo exposição de armaduras – mais comuns em marquises e varanda.

 

Quando os sinais de falhas na impermeabilização começam a ficar evidentes, é um alerta para que sejam chamados profissionais especializados para discutir um plano de ação para resolver o problema.

 

Como fazer impermeabilização de laje com piso?

impermeabilização de laje com piso

 

A reforma da impermeabilização de uma laje com piso passa por algumas etapas importantes.

A primeira delas – nunca é demais relembrar – começa por entrar em contato com empresas e profissionais habilitados.

Impermeabilização é coisa séria, e quando se trata de elementos estruturais como lajes, os custos e prejuízos da negligência podem ser muito altos.

 

É preciso ter em mente que não é recomendado que se refaça uma manta sobre um piso já existente.

Primeiramente, porque não será possível resolver o problema original, e estará sendo adicionado uma nova camada de impermeabilização para dar problemas dali alguns anos.

Além disso, um novo piso para revestir a manta significa sobrepeso na laje, que pode não ter sido dimensionada para resistir a este novo esforço.

 

Para tanto, é preciso retirar todo piso, contrapiso e manta preexistentes.

Este é um processo demorado e dispendioso, especialmente quando se leva em consideração os custos para descarte adequado do entulho gerado.

 

O descarte inapropriado de entulho de construção civil pode gerar multas por crime ambiental.

 

Uma vez retirada toda a estrutura de impermeabilização preexistente, é procedida a limpeza do substrato e a aplicação da nova camada de manta, e subsequentemente o contrapiso e piso.

A atenção deve ser redobrado em pontos críticos como ralos, cantos, rodapés, emendas, e juntas de dilatação.

 

É possível refazer a impermeabilização sem retirar a antiga?

impermeabilização de laje com piso

 

O sistema Fibersals é pioneiro no Brasil quando o assunto é tecnologia de impermeabilização.

O 100% poliéster flexível é o sistema ideal para as situações em que é preciso refazer a impermeabilização de laje com piso, sem que seja necessário retirar a estrutura preexistente.

 

Este sistema é aplicado diretamente sobre o piso, formando uma camada superficial protetora altamente resistente e flexível, sendo ela própria o acabamento final com várias opções de cores e texturas.

O sistema Fibersals é aplicado por equipe treinada e altamente especializada.

 

Como não é necessário retirar o sistema preexistente, a impermeabilização feita com o sistema Fibersals não gera grandes quantidades de entulho.

A resistência mecânica elevada do poliéster flexível faz dele resistente ao tráfego intenso de pedestres, veículos leves e pesados, e até mesmo podendo ser utilizado como impermeabilização de tanques e reservatórios industriais.

 

O sistema é moldado in loco, e portanto não há emendas e pontos críticos que são mais sujeitos a fissuras.

A liberação para o tráfego é rápida após a execução, o que significa agilidade, rapidez e eficiência, uma solução ideal para lajes de estacionamento.

 

Faça um orçamento de impermeabilização de laje com piso com o Sistema Fibersals 100% Poliéster









A Fibersals atua em todo o Brasil desde 1985, e oferece 15 anos de garantia.

Comentários

Comments are closed.