4 opções de piso antiderrapante para garagem

Por uma questão de segurança, é importante que a garagem do seu condomínio tenha piso antiderrapante porque ele evita acidentes ao impedir os deslizamentos comuns nas manobras. Neste post, vamos mostrar quais são as principais opções de piso antiderrapante para garagem disponíveis no mercado.

 

Geralmente, a preocupação maior é com o piso das áreas comuns do condomínio, como hall de entrada, salão de festas, sala de jogos e corredores, ficando a garagem para um segundo plano. Mas a atenção sobre o piso a ser instalado nas garagens deve ser redobrada. Dependendo do peso dos carros, podem ocorrer danos no piso, como afundamento, por exemplo. E se o piso for escorregadio, os motoristas terão dificuldade na hora de estacionar seus veículos. Em caso de vazamentos de óleo ou outros resíduos de automóveis, que são bem comuns nas garagens, o piso poderá manchar, e isso sem falar nas marcas provocadas por borracha e fuligem.

Por isso tudo, todo cuidado é pouco na hora de escolher o piso das garagens do condomínio. Para tomar a melhor decisão sobre isso, escolhendo a alternativa mais adequada, leve em conta todas as necessidades do espaço: a estética, a resistência, a aspereza, a durabilidade e, sobretudo, a facilidade de limpeza e de manutenção. Comece analisando as opções de pisos antiderrapantes.

Conheça aqui 4 tipos de pisos antiderrapantes para garagens de condomínios

1. Ladrilho hidráulico

piso antiderrapante para garagem ladrilho hidráulico

O ladrilho hidráulico, além de ser antiderrapante, tem diversos poros. Estes podem acumular gordura. Se isto acontecer, possivelmente, o piso ficará manchado e com uma má aparência, como se estivesse encardido. Porém, sua resistência é muito alta. Por isso, é muito usado em calçadas públicas, onde milhares de pessoas costumam caminhar sem grandes riscos de sofrer desgaste.

2. Pisos de concreto

piso antiderrapante para garagem concreto

Dependendo do projeto arquitetônico, o piso de concreto pode ser um ótimo tipo de revestimento. Esta é uma alternativa bem econômica e pode ser feita de maneira que facilite ainda a aplicação de outro piso posteriormente, ou seja, como contrapiso. Se for executado como piso liso, pode ter como acabamento o chamado cimento queimado.

3. Pisos acetinados

piso antiderrapante para garagem piso acetinado

Se a garagem do seu condomínio for a céu aberto, é preciso garantir que não haja riscos de escorregamento. Como está ao ar livre, o piso estará constantemente exposto a sujidades mais intensas e agressivas, além da super exposição à água. Entre os pisos antiderrapantes, os acetinados são os mais resistentes.

4. Pedras

piso antiderrapante para garagem pedra são tomé goiás

As pedras brutas, como a Miracema, São tomé e Goiás, são boas opções porque são resistentes e apresentam superfície antiderrapantes. Fuja das pedras lisas como granitos e mármores polidos porque são escorregadias e terão que receber acabamentos como o levigamento para ficarem antiderrapantes. Se você optar por usar pedra, peça que apliquem uma resina protetora sobre ela para diminuir a porosidade e evitar manchas.

E se o piso tiver que ser antiderrapante e impermeável?

Independentemente de qual for a sua escolha para o piso das garagens, você não estará livre dos problemas causados por infiltração, como danos estruturais, incômodo, mofo, alergias e mil reclamações dos condôminos.

Se o piso precisa ser impermeável, no caso de pavimentos que ficam expostos à chuva ou a infiltrações, a melhor alternativa é o Sistema de poliéster flexível da Fibersals. É uma solução definitiva, oferece 15 anos de garantia e é aplicada diretamente sobre o piso existente, formando um novo piso, já com acabamento – e uma das opções oferecidas é justamente o acabamento antiderrapante.

piso antiderrapante para garagem impermeável rampa

Além disso, a Fibersals também oferece a oportunidade de demarcar as vagas de garagem (e até as direções de sentido e avisos) já no próprio acabamento do Sistema, resolvendo tudo de uma vez.

 

Vale lembrar que a impermeabilização convencional requer quebra de piso e uma obra que muitas vezes demora meses para ser concluída, gerando barulho e entulho. E precisa, na maioria das vezes, ser refeita em 3 ou 5 anos. Se você quer entender melhor 7 motivos para não usar a manta asfáltica, recomendamos a leitura deste post.

Sem transtorno, sem quebrar e sem entulho, o serviço da Fibersals é realizado mais rapidamente, sem quebrar o piso existente e com equipe própria. O sistema ainda apresenta uma resistência superior e pode ser aplicado em locais com grande fluxo de veículos, como é o caso da garagem do seu condomínio.

Agora que você já conhece os principais tipos de pisos antiderrapantes para garagens, veja nosso post com 4 dicas para organizar a garagem do condomínio!

Comentários

Comments are closed.