Piscina de alvenaria: um guia completo para construir e manter a sua

Ter uma piscina em casa é o sonho de muitas pessoas. Em um país com clima tropical e verões com bastante sol, ela se torna uma alternativa para amenizar o calor e é uma opção de lazer e diversão para a família. Além disso, a piscina também oferece para a casa um ambiente mais moderno e sofisticado, valorizando o imóvel.

Nas últimas décadas, a procura por piscinas aumentou bastante, e com isso também a variedade de opções de materiais disponíveis no mercado.

A técnica construtiva mais utilizada no Brasil é a piscina de alvenaria ou piscina de concreto. Além da versatilidade de poderem ser projetadas nos mais diferentes formatos e revestidas com diversos tipos de materiais, também apresentam grande resistência mecânica e durabilidade.

Neste post, vamos falar sobre as piscinas de alvenaria. Desde a construção, dicas para manutenção, os principais erros cometidos e o que você pode fazer para evitar dores de cabeça.

 

Passo a passo: como construir uma piscina de alvenaria?

piscina de alvenaria e concreto como construir

Antes de qualquer coisa, você precisa entender que a construção de uma piscina de alvenaria deve ser feito por pessoas especializadas.

Um piscina é um reservatório de água e, como todo reservatório, está sujeito a esforços solicitantes consideráveis – tanto nas laterais quanto em direção ao solo. Além disso, algumas etapas são fundamentais durante o processo construtivo, para garantir que a piscina seja feita de forma correta. Portanto, procure uma empresa ou profissionais especializados para não correr riscos e ter prejuízos no futuro.

 

1. Definir o local, formato e profundidade

O tamanho e formato da sua piscina deve ser definido pelo local que você tem disponível no seu terreno. O ideal é que haja espaço suficiente nas laterais. Também é recomendado escolher um lugar onde haja uma maior incidência de sol. Em relação à profundidade, é preciso saber quem vai usar a piscina. No caso, quando há crianças, algumas pessoas optam por piscinas mais rasas, por questões de segurança.

 

2. Preparação e planejamento

Uma vez definido como será o formato e a profundidade da sua piscina, bem como o local, é preciso definir mais algumas características antes de começar a construção.

A primeira delas é a condição do solo. Ela vai determinar o tipo de reforço que será necessário, bem como as condições para escavação. Em regiões com solos mais saturados, pode ser necessário o uso de escoras para evitar o risco de desmoronamento.

Aliás, no caso de piscinas enterradas, deve ser levado em consideração que as paredes da piscina receberão esforços nas duas direções: tanto da água, nas paredes internas, como no exterior, pelo peso do solo. Durante essa fase também deve ser definida a área que será escavada para acomodar a estrutura bem como todas as ligações hidráulicas, motor, e pontos de drenagem.

 

3. Fundação e Estrutura

piscina de alvenaria e concreto

A fundação de uma piscina de alvenaria é um ponto fundamental. Afinal de contas, é a parte que está em contato direto com o solo.

Uma piscina com problemas de fundação pode apresentar recalques diferenciais – isto é, o peso da água, as movimentações do terreno, diferenças de nível de saturação do solo fazem com que a estrutura se movimente causando trincas e fissuras. Para evitar esse tipo de problema, comece com uma boa fundação. Uma boa opção é fazer um radier, e uma viga de fechamento, onde é amarrada a armadura das paredes.

As paredes são feitas com bloco estrutural, armados em seu interior e preenchidos com concreto. Esse procedimento garante que as paredes serão capazes de resistir aos esforços solicitantes. Uma parede de piscina não reforçada está suscetível a trincas e fissuras que se tornam pontos de infiltração e instabilidade.

 

4. Impermeabilização

Essa é uma das etapas mais importantes da construção de uma piscina de alvenaria.

O concreto não é um material 100% impermeável e precisa ser protegido. A impermeabilização protege a estrutura, garantindo sua estabilidade, além de garantir que não haja pontos de infiltração. A perda de água nas paredes da piscina pode afetar tanto a estrutura quanto o solo ao seu redor, e o revestimento final não é suficiente para garantir a impermeabilidade da piscina de alvenaria.

A técnica mais utilizada é a impermeabilização com manta asfáltica, mas é importante lembrar que ela tem um prazo de validade e não permite reparos pontuais. Entenda mais sobre o assunto neste post.

 

5. Revestimentos

Por fim, é feito o revestimento final, normalmente é utilizando cerâmicas ou pastilhas.

Uma boa dica é escolher um material de fácil limpeza, para facilitar a manutenção e evitar acúmulo de sujeira e surgimento de fungos.

Outra escolha que deve ser feita é a escolha dos materiais ao redor da piscina. Para a borda da piscina, por exemplo, é uma boa idéia escolher um material poroso e antiderrapante para evitar acidentes, e que não esquente tanto. Nesse sentido materiais polidos não são a melhor opção. Veja:

 

Piscinas de alvenaria na cobertura e no terraço

piscina de alvenaria no terraço de cobertura

Os terraços e coberturas são locais em que as pessoas desejam ter uma piscina, pois é um local de lazer e alta incidência de sol. Quando é o caso, o primeiro procedimento a ser feito é saber se a laje é capaz de suportar a carga. No caso da piscina estar prevista desde a concepção do projeto estrutural, é possível já dimensionar a estrutura da cobertura para este objetivo. Entenda:

Se a piscina for feita em um segundo momento, depois da estrutura pronta, é preciso ter a ajuda de um profissional. Ele vai poder dizer se será possível fazer a sua piscina com as condições existentes, se será preciso fazer um algum tipo de reforço estrutural e ainda se não será possível de maneira alguma.

De qualquer forma, é preciso tomar muito cuidado com a impermeabilização tanto da piscina, quanto do terraço. Toda a área deve estar devidamente impermeabilizada para evitar vazamentos e danos no restante da estrutura da edificação. Veja:

 

Manutenção de uma piscina de alvenaria

piscina de alvenaria e concreto como fazer a manutenção

Se feita de maneira correta, por profissionais especializados e seguindo as normas de projeto e execução, uma piscina de alvenaria tem uma durabilidade muito superior quando comparada a outras técnicas construtivas, como o vinil por exemplo. Porém, isso não quer dizer que a estrutura não precisa de manutenção.

 

Limpeza

A limpeza da piscina deve ser feita de maneira correta, e de preferência por pessoas especializadas. Dessa forma, é possível evitar o acúmulo de sujeira nos filtros, drenos, preservando assim a vida útil do motor, das bombas e do revestimento da piscina.

 

Atenção a sinais de perdas de água

A piscina perde água naturalmente por evaporação. É preciso ficar atento caso a piscina esteja perdendo mais água do que o normal: isso pode ser um sinal de falha na impermeabilização. Aliás, praticamente todos os problemas que ocorrem em uma piscina são causados por falhas na impermeabilização.

Para saber mais sobre causas de vazamentos em piscinas, e dicas de como resolver estes problemas, veja:

 

O sistema poliéster flexível da Fibersals pode ser a solução para você que está com problemas de impermeabilização da sua piscina. Ele pode ser aplicado diretamente sobre o revestimento, protegendo a sua piscina de maneira definitiva. Saiba mais!

Comentários

Comments are closed.