Impermeabilização com piche: como funciona?

Os materiais asfálticos são largamente utilizados como sistemas de impermeabilização no mercado da construção civil, seja em forma de mantas, tintas, emulsões e ligas. Enfim, as formas de apresentação são diversas.

 

Os procedimentos e locais recomendados de aplicação dos materiais asfálticos também podem variar bastante, portanto é importante conhecer algumas características específicas e certificar-se de que o produto vai atender as expectativas.

A impermeabilização com piche e as emulsões asfálticas e betume são opções que podem gerar algumas confusões e portanto é bom entender melhor os termos.

 

Impermeabilização com piche e materiais asfálticos

impermeabilização com piche

 

Termos e significados

 

Betume

Betume é uma substância obtida através da destilação fracionada do petróleo bruto.

Como sabemos, existem diferentes produtos que podem ser obtidos na destilação do petróleo, desde os resíduos mais brutos como cera e parafina até a gasolina e o gás natural.

O betume é obtido já nos primeiros níveis de destilação do petróleo.

 

Trata-se de uma substância viscosa, escura, com odor forte e característico, com um alto poder ligante e propriedades impermeabilizantes.

A maior utilização do betume é como ligante/aglomerante em outras misturas, em especial o asfalto utilizado na pavimentação de ruas, avenidas e rodovias.

 

Piche

Piche é o nome dado ao asfalto líquido, apesar de não ser utilizado dessa forma nas terminologias técnicas dentro dos estudos de pavimentação na engenharia.

Dessa forma, o piche é uma mistura do betume com outros minerais, conforme a necessidade de aplicação em cada situação.

Como impermeabilização, o piche é utilizado em forma líquida (tinta) aplicada diretamente na superfície ou substrato, normalmente em demãos cruzadas.

 

Emulsão Asfáltica

A emulsão asfáltica é o termo dado à misturas utilizadas para impermeabilização que são de base asfálticas.

O termo emulsão diz respeito a duas substâncias que, naturalmente, não se misturam.

Portanto, a emulsão asfáltica é composta dos produtos de base asfáltica e agentes dispersantes.

Este é um produto largamente utilizado na impermeabilização de fundações, baldrames e também lajes.

Conhecido pela sua elevada elasticidade e flexibilidade.

 

Manta asfáltica

A manta asfáltica é um dos sistemas de impermeabilização mais utilizados em todo país.

Diferentemente dos outros produtos anteriormente mencionados, a manta é apresentada em rolos pré-moldados e a sua aplicação é feita com o auxílio de maçarico.

 

A manta utiliza os produtos de origem asfáltica como ligantes e telas de reforço estrutural, que podem ser de poliéster ou fibra de vidro mais comumente.

 

O que é impermeabilização com piche?

impermeabilização com piche

 

Em todo território nacional podem haver diferenças de nomenclaturas e termos comerciais e o mesmo produto pode ser conhecido por denominações diferentes ou ainda produtos diferentes ser conhecidos e chamados da mesma forma.

 

Comercialmente falando, a impermeabilização com piche é utilizada para impermeabilização de elementos de madeira, como postes, cercas, barracões, tapumes, floreiras e outros semelhantes.

Este tipo de impermeabilização é feita para evitar o apodrecimento dos elementos de madeira, que, logicamente, estão mais sujeitos à ação de umidade por serem materiais orgânicos.

 

Antigamente, era um consenso de que as madeiras mais densas, com veios menos espaçados, as conhecidas madeiras-de-lei, eram as únicas que eram capazes de resistir bem às intempéries e ataques de cupins, o que não deixava de ser verdade.

Contudo, essa filosofia acabou por incentivar um extrativismo muito nocivo, visto que essas espécies nativas demoram muitos anos, às vezes séculos, para se desenvolver.

 

A tecnologia da indústria madeireira evoluiu bastante nos últimos anos.

Alguns exemplos como o tratamento de secagem em estufa, que permitem alcançar níveis de umidade ideais (secagem) em poucas horas, o tratamento CCA (cloro-cobre-arsênio) e CCB (cloro-cobre-boro) para tratamento de fungos e cupins, entre outros, que permitiram que espécies coníferas e reflorestáveis como o pinus e eucalipto pudessem substituir o uso árvores nativas.

 

A impermeabilização com piche forma uma barreira física que evita o contato da água com a madeira e é utilizado em situações de contato direto e constante da água, como em postes por exemplo.

 

Piche e Betume: qual é a diferença?

impermeabilização com piche

 

Novamente, existe uma diferença técnica, sobre a origem dos dois termos, mas historicamente ambos os termos sempre estiveram relacionados à materiais de origem asfáltica para impermeabilização, em especial em elementos de madeira.

 

Existem relatos do uso de betume na antiguidade, pelos egípcios, sumérios, assírios, gregos, romanos.

Curiosamente, também há um relato na Bíblica judaico-cristã do uso de betume durante a construção da arca de Noé.

Deus mandara a Noé: “betumarás com betume sua arca, tanto por dentro como por fora” (Gênesis, 6, 14).

 

O piche, por assim dizer, é um produto que se utiliza do betume como ligante, mas tem outros minerais e componentes em sua mistura.

Em algumas regiões do país as terminologias podem variar, e por isso é importante conhecer a essência e a origem do produto que se deseja utilizar.

 

Asfalto Frio

O asfalto frio é como é conhecida comercialmente o sistema de impermeabilização feito com emulsão asfáltica.

Este produto é utilizado em bases e substratos cimentícios, em especial elementos de fundação e em lajes.

 

A impermeabilização feita com asfalto frio, ou tinta asfáltica, não deve ficar exposta.

Apesar de ter uma adesão muito forte e bastante elasticidade e flexibilidade, este produto não possui resistência mecânica.

Isso significa que o tráfego de pessoas, veículos e abrasão de maneira geral se apresenta como um risco grande de falha para o sistema.

Dessa maneira, se o elemento não for estar soterrado, é preciso fazer um contrapiso e um revestimento.

 

Uma das vantagens dos produtos moldados no local como a emulsão asfáltica é a possibilidade de fazer um sistema de impermeabilização sem emendas.

Esses são pontos críticos e mais sujeitos à falhas, principalmente devido à falhas de execução, quando feitas por mão-de-obra sem qualificação.

 

Poliéster Flexível de alto desempenho

impermeabilização com piche

 

O poliéster flexível é uma das soluções que existe no mercado como alternativa à materiais asfálticos na impermeabilização de elementos nas edificações.

Também é moldado in-loco, sem emendas, e diferentemente da maioria dos materiais asfálticos, não é necessário fazer uma cobertura ou revestimento, pois se trata de um material extremamente resistente à abrasão, resistîndo ao tráfego de veículos pesados e maquinário.

É um sistema moderno, de alto desempenho e com 15 anos de garantia.

 

Para maiores informações sobre o poliéster flexível de alto desempenho fale com a equipe da Fibersals:

 

Faça um orçamento gratuito de impermeabilização em poliéster flexível com a Fibersals








Comentários

Comments are closed.